Símbolo Aprag Aprag Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas

consumidor Sobre as Pragas Urbanas

O que são ?

Entende-se por Pragas Urbanas os insetos e pequenos animais que se proliferam desordenadamente no ambiente das cidades e que oferecem risco à saúde humana.

Estes se encaixam na lista de animais sinantrópicos, expressão utilizada para designar animais que habitam locais próximos ao homem e se adaptam a viver junto deste.

As pragas urbanas têm por características biológicas o alto índice de resistência e a adaptação sobre os mais diversos meios. Por isso, o ambiente urbano torna-se o principal habitat para essas espécies, pois oferece condições como umidade, alimentação e muitos ambientes baldios.

Com isso, o seu extermínio é bastante dificultado. A maioria dessas espécies costuma se reproduzir durante o inverno e se prolifera durante o verão.

Encontre uma Empresa Controladora de Pragas (Dedetizadora)

Faça a busca abaixo e encontre
empresas de controle de pragas
(dedetização) da sua região.

Dicas para contratar uma Dedetizadora

O biólogo da APRAG, Sérgio
Bocalini
, está à disposição
para respondê-las.

Envie sua Pergunta

Principais Espécies

Barata

Informações sobre a espécie

Uma das pragas que causa maior repulsa nos seres humanos é a barata. Existem mais de 4.000 espécies e apenas 1% são consideradas pragas urbanas.
As baratas consideradas pragas são conhecidas transmissoras de doenças. Diversas enfermidades podem estar associadas à presença delas nos mais diversos ambientes.

Em áreas urbanas são encontradas principalmente 2 espécies:

Blattella germanica, conhecida como barata francesinha ou alemãzinha.

Espécie medindo de 2 a 15mm, com o ciclo reprodutivo rápido. É comumente encontradas em cozinhas e em outros ambientes que possam oferecer abrigos como frestas e fendas.

Possuem coloração caramelo, vivem em média 130 dias, depositando aproximadamente 250 ovos durante sua vida adulta.

Carregam em seus corpos bactérias e outros Micro-organismos que podem causar infecções e alergias.

Consomem alimentos de origem animal e vegetal e são muito atraídas por gordura. Por possuírem corpo achatado tem preferência por se abrigarem em frestas e fendas onde se mantém aglomeradas.

Possuem odor característico, perceptível em grandes infestações.

São insetos com comportamento noturno, e se utilizam deste período para buscar alimento e se reproduzirem. Ao perceber presença frequente de baratas durante o dia, pode ser sinal de alta infestação.


Periplaneta americana, conhecida como barata de esgoto ou voadora.

As baratas apresentam metamorfose incompleta e se reproduzem de maneira rápida. Dependendo da espécie, atinge em até 60 dias a fase adulta. As fêmeas depositam ovos dentro de ootecas, contendo dezenas de ovos cada.

Medidas para prevenir o aparecimento de baratas:

» Elimine oferta de Alimentos;
» Manter alimentos guardados em recipientes fechados;
» Conservar armários e despensas fechados e limpos, sem resíduos de alimentos;
» Recolher restos de alimentos e qualquer outro tipo de lixo em recipientes adequados e limpos;
» Remover e não permitir que sejam amontoados: caixas de papelão e lixo em locais não apropriados;
» Manter caixas de gordura e galerias bem vedadas, realizando limpeza periódica;
» Colocar tampas nos ralos e em caso de tampas vazadas, telar;
» Colocar ‘rodinhos’ sob portas externas.
» Manter bem calafetadas as junções de revestimentos de paredes e pisos;
» Providenciar a vedação ou selagem de rachaduras, frestas, fendas, que possam servir de abrigo para as baratas;
» Realizar limpezas frequentes, deixando, pisos, coifas, fogões e outros equipamentos desengordurados;
» Telar as janelas;
» Vedar rodapés e batentes de porta;
» Dispor o lixo para coleta pública somente nos horários e dias certos de recolhimento;
» Evitar se alimentar em locais não adequados.

Medidas para eliminar a presença de baratas:

Por apresentarem alto risco de contaminação, as baratas são um grande problema. Se você observou a presença deste inseto, mesmo seguindo nossas orientações preventivas, alguns produtos inseticidas de venda livre – devidamente registrados no Ministério da Saúde - podem ser utilizados para controlar aparecimentos esporádicos. Utilize-os com cuidado, observando as precauções descritas em rótulo. Porém, se ainda assim as infestações persistirem, contate uma empresa especializada para garantir um controle efetivo e seguro.