Símbolo Aprag Aprag Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas

Notícias

Invasão de escorpiões assustam moradores do Conjunto Itatiaia, em Goiânia

Uma invasão de escorpiões tem deixado os moradores do Conjunto Itatiaia, em Goiânia, preocupados. Uma moradora do setor disse que no último ano ela encontrou cerca de 20 escorpiões dentro de casa. O medo é maior porque na maioria das residências tem crianças e cachorros que podem ser picados com mais facilidade pelo animal.

A dona de casa Marisangela da Silva, que mora no bairro há um ano, entrou em contato com a equipe do Mais Goiás, e disse que o problema é constante. Preocupada, ela já pensou em mudar da casa.  “A gente não tem sossego em casa, temos que ficar andando com sapatos fechados. Não podemos ter a tranquilidade de descansar, sentar no chão. A situação aqui é terrível”, conta.

A vizinha dela, Maria de Lurdes, é moradora da região há mais de 30 anos e acredita que a invasão dos escorpiões é causada pela quantidade de lotes baldios e lixos na região. Ela também já encontrou escorpiões na sua casa, inclusive na cama do seu filho. Ela passou a guarda-los em um pote de vidro. Com um neto de dois anos, ela tem medo de que ele acabe sendo picado pelo animal.

“Do lado da minha casa tem um lote abandonado e as pessoas costumam a jogar entulho, então acredito que isso possa atrair o animal para cá. A gente não sabe mais o que fazer para impedir que eles entrem dentro de casa”, afirma.

Para tentar amenizar o problema, os moradores têm buscado algumas alternativas. A Marisangela começou a colocar panos nos cantos das portas e passou rejunte na cisterna e cerâmicas, além de trocar a tampa dos ralinhos dos banheiros. Segundo ela, os escorpiões entram e saem pelos ralos e canos das casas.

 

Prevenção

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS) disse que em 2017 foram realizadas 141 visitas técnicas para orientação e realização de medidas de controle de escorpiões na capital. E em relação ao Conjunto Itatiaia, a equipe disse estar ciente do problema e fará as visitas na região.

O Biólogo e Gerente de Controle de Animais Sinantrópicos da SMS, Wellington Tristão, explicou a aparição desses animais nesta época do ano é motivada pelas chuvas. “O período chuvoso desabriga esses tipos de animais, e por esse motivo eles procuram as residências”, afirma.

Wellington também disse da importância da conscientização dos moradores em relação a limpeza do lote. Ele explicou que o escorpião se alimenta de barata e fica em entulhos, então é necessário fazer uma dedetização e evitar lixos que atraem baratas para que os escorpiões não apareçam.

Em casos de invasões de escorpiões, a Secretaria disse que a população pode entrar em contato nos telefones 3524-3131 e 3524-3125 e agendar uma visita técnica. A equipe tem até 72 horas para ir até o local.

VEJA A APRAG NA MÍDIA

Especialista dá dicas do que fazer para espantar os insetos no verão

Dicas sobre controle de pombos

Mitos e verdades sobre dicas caseiras para previnir form...

Revista da Cidade 23/01/18 - Sérgio Bocalini

Jornal da Record - 10.01 - Sérgio Bocalini

VEJA MAIS MATÉRIAS

Notícias APRAG

VEJA MAIS NOTÍCIAS