Símbolo Aprag Aprag Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas

Notícias

Prefeitura de Itaquiraí deflagra campanha de combate à dengue

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Itaquiraí, através do Departamento de Controle de Vetores e da Vigilância Sanitária, iniciou hoje (16-11), uma forte campanha de combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti.

A campanha foi anunciada pelo secretário municipal de Saúde, Marcelo Batista Rosa, ao prefeito Ricardo Fávaro Neto. O secretário buscou apoio das demais secretarias de, Administração, Obras e Serviços Urbanos, e do Departamento de Comunicação. “Mas precisamos do total apoio da população para garantirmos o enfrentamento eficaz deste mosquito ardiloso. Sem o envolvimento dos moradores fica impossível combatermos o aparecimento deste mosquito”, afirma Marcelo Rosa.

Na manhã de hoje, a equipe do Controle de Vetores, o coordenador Marcos Aurélio Serena Domingos, e o supervisor Leandro Soares, utilizaram os microfones da rádio Vale Azul FM para pedir apoio da população nesta campanha. A coordenadora da Visa Municipal, Jaqueline dos Santos Sousa, também participou da divulgação.

“Com atitudes comuns como, manter os quintais e terrenos limpos, livres de sujeira; não deixar acumular água em todo tipo de garrafas usadas, dar destinação adequada aos pneus velhos, trocar diariamente a água de cachorros e demais animais de estimação, trocar a água das planteiras por areia, limpar as calhas dos telhados, e manter as caixas d’água tampadas são necessários para evitar o surgimento do mosquito e, principalmente, combater qualquer foco do Aedes”, alerta Marcão.

“Este mosquito é menor do que os mosquitos comuns, é preto com listras brancas no tronco, na cabeça e nas pernas. Suas asas são translúcidas e o ruído que produzem é praticamente inaudível ao ser humano. Em média, cada mosquito vive em torno de 30 dias e a fêmea chega a colocar entre 150 e 200 ovos. Se forem postos por uma fêmea contaminada pelo vírus da dengue, ao completarem seu ciclo evolutivo, transmitirão a doença. E o pior disso é que a dengue pode matar o paciente”, alerta o supervisor municipal, Leandro Soares.

Marcão e Leandro informaram que estão mantendo na cidade, 25 armadilhas em 16 pontos estratégicos, sendo em borracharias, pátios públicos de equipamentos, depósitos de veículos velhos, e estabelecimentos de ferro velho, onde estão sendo capturados ovos do mosquito, garantindo milhares de ovos sejam destruídos, impedindo o nascimento de mosquitos.

O prefeito Ricardo, ciente da importância da campanha pediu empenho de toda a equipe e determinou todas as providências para evitar que o Aedes, que também transmite o Zika vírus e chikungunya seja combatido.

 

FONTE: JORNAL AGORA MS

VEJA A APRAG NA MÍDIA

Tipos de Inseticidas e Como Usar - Sergio Bocalini | Mulheres

É de Casa ensina como combater os cupins que podem infes...

Festa 25 anos - APRAG

Entrevista Rádio 99 FM Taubaté 20.10.2017

Aedes Aegypti carros abandonados são um dos principais f...

VEJA MAIS MATÉRIAS

Notícias APRAG

VEJA MAIS NOTÍCIAS