Símbolo Aprag Aprag Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas

Notícias

Produto que mata as larvas do Aedes aegypti é lançado no Brasil

Na última década, mais de 12 milhões de brasileiros foram diagnosticados com dengue, doença transmitida por uma picada do Aedes aegypti. Como se não bastasse, o mesmo mosquito começou a ser o culpado por outras infecções no nosso país, como o zika e o chikungunya – e ainda há o temor de a febre amarela, por ora restrita aos ambientes silvestres, migrar para as cidades e ser mais um vírus que depende desse inseto para circular no meio urbano.









 


Nesse verdadeiro cenário de guerra, surge uma nova estratégia para combater essa ameaça tripla (quase quádrupla): a empresa BR3, do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec) da Universidade de São Paulo, começou a vender recentemente o DengueTech, um comprimido que é colocado em recipientes que tenham água parada, como vasos de plantas, calhas, flores grandes e cascas de árvores.


Após algum tempo, o tablete se dissolve e libera uma série de proteínas e bactérias da espécie Bacillus thuringiensis israelensis, conhecida pela sigla BTI. Esse micro-organismo mata as larvas do Aedes que se aproveitam daquele espaço. “Esse agente biológico não agride o ambiente, não permite que o mosquito desenvolva uma resistência à sua ação e ainda é recomendado pela Organização Mundial da Saúde”, lista o engenheiro Rodrigo Perez, da BR3.



DengueTech, larvicida dengue como matar mosquitp 

Embalagens do DengueTech

Embalagens do DengueTech (Foto: Divulgação/SAÚDE é Vital)


 



O produto, que já está aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é resultado de três décadas de pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro. “Eles fizeram um trabalho colossal de coletar e estudar inúmeras cepas de bactérias da biota brasileira até descobrirem as potencialidades da BTI”, destaca Perez. Após todo esse período na bancada do laboratório e uma série de ensaios científicos, o composto está finalmente disponível para a população.


 


 

Outro ponto positivo do DengueTech está em sua sustentabilidade: ele não interfere no meio ambiente ou na saúde de outros animais. Nem mesmo o pernilongo comum morre se tiver contato com a recipiente onde um tablete foi colocado. Cachorros e gatos também não terão nenhum problema se, porventura, tomarem a água empoçada que recebeu o novo tratamento.


Arsenal ampliado


A novidade se soma a uma série de outras estratégias que tentam controlar o Aedes aegypti, como mosquitos transgênicos e a inoculação de bactérias Wolbachia. Além delas, eliminar qualquer ponto de água parada continua como uma atitude essencial que todos nós devemos fazer sempre em nossas casas e em nossos bairros, principalmente nos meses de verão, quando chove mais em todo o país.


O DengueTech será vendido no site da empresa e em pontos de venda físicos, como farmácias. A embalagem com três tabletes custará R$16,50, enquanto a com dez unidades sairá por R$49,99.


 


FONTE: Saúde Abril

VEJA A APRAG NA MÍDIA

Novas técnicas para combater o Aedes aegypti

4:51 Árvores de São Paulo sofrem com cupins Café com J...

Voltar para a ediçãoAlimentar pombos nas ruas pode gerar...

4:51 Árvores de São Paulo sofrem com cupins Café com ...

Especialista dá dicas do que fazer para espantar os inse...

VEJA MAIS MATÉRIAS

Notícias APRAG

VEJA MAIS NOTÍCIAS
Primobolan Depot For Sale Hygetropin 10iu Dosage Jintropin Kigtropin Vs Somatropin Turinabol For Sale Testosterone Propionate Cycle Anavar for sale Igtropin 100mcg Price Android Pills Stanazol Suspension Side Effect Buy HCG 5000 iu Vials Anadrol Oxymetholone Buy Ansomone Growth Hormone Anadrol For Sale Testosterone Enanthate 250mg Testosterone Cypionate For Sale Deca Durabolin Side Effects Stanozolol Suspension Injection 20ml Winstrol for Sale trenbolone acetate