Símbolo Aprag Aprag Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas

Notícias

Resultado do LIRAa mantém risco de surto de dengue em Formiga


Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), apontou um índice de infestação de 7,6% em Formiga. O resultado foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na quarta-feira (11) e significa que o município segue risco de surto de dengue.




Os dados foram coletados entre os dias 3 e 5 deste mês. O gerente de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, Carlos Antônio de Castro, explicou que o ano de 2018 começou preocupante no município.




 


“Em um mesmo período do ano passado, ou seja, em abril de 2017, o índice foi de 5,7%. Isso significa que houve um aumento de 1,9% no resultado”, aponta Castro.

 




O LIRAa coletou dados em 1.800 locais entre residências, terrenos baldios e comércios.




“A maioria dos focos que encontramos foi nas residências. Eles estão mais presentes em depósitos ao nível do solo e fixos, como tanques, tambores, calhas e lajes. Depois, vêm os focos em depósitos móveis, como recipientes plásticos, garrafas, latas e sucatas. E, por último, em pneus”, disse o gerente de endemias.




Este é o segundo LIRAa do ano feito em Formiga. Apesar do resultado ter sido menor do que índice apontado em janeiro, quando foi de 10,1%, a cidade continua em estado de alerta.




 



Ações



 




De acordo com a Prefeitura, o setor de endemias vai intensificar suas ações de campo e educativas. Os agentes irão realizar um trabalho diferenciado nos bairros onde o índice foi mais alto. Além do tratamento focal, eles irão reforçar o trabalho educativo nessas localidades.




Castro destacou que os agentes estão realizando a aplicação de inseticida (UBV Costal), nas localidades onde estão sendo notificados casos prováveis por Dengue.




“O objetivo é eliminar o mosquito adulto da região próxima da residência do paciente e evitar novas notificações, caso a sorologia do paciente venha positiva para Dengue. Ainda vamos realizar várias ações educativas com a intenção de mobilizar a comunidade e alertar sobre os riscos, caso não tenha prevenção contra a doença", completa o gerente de endemias








A Prefeitura está buscando também novas parcerias que envolvam um número maior de pessoas no combate ao Aedes aegypti. A população está sendo convocada para que também se posicione no combate à Dengue, uma vez que a maioria dos focos está nas residências.


 


FONTE: https://glo.bo/2vdWCKQ



VEJA A APRAG NA MÍDIA

4:51 Árvores de São Paulo sofrem com cupins Café com Jornal Canal APRAG 17 visualizações 2:47 HOW TO TRAIN YOUR DRAGON 3 Trailer (2019) FilmSelect Trailer 8,2 mi visualizações Novo 10:09 RESPONDING TO RICEGUM WillNE 696 mil visualizações Novo 9:4

Especialista dá dicas do que fazer para espantar os inse...

Dicas sobre controle de pombos

Mitos e verdades sobre dicas caseiras para previnir form...

Revista da Cidade 23/01/18 - Sérgio Bocalini

VEJA MAIS MATÉRIAS

Notícias APRAG

VEJA MAIS NOTÍCIAS